Agentes de deportação usam aplicativo de smartphone para monitorar imigrantes

Desde o início da pandemia de Covid-19, autoridades americanas ampliaram o uso do aplicativo SmartLink, com o intuito de garantir que os imigrantes liberados da detenção compareçam às audiências de deportação. Defensores dizem que a prática é uma violação de privacidade.

Segundo o portal AP News, mais de 125.000 pessoas – grande parte detidas na fronteira EUA-México – são obrigadas a instalar o aplicativo em seus respectivos celulares. Assim, funcionários conseguem verificar localização e exigir que os imigrantes enviem uma fotografia de si mesmos ou façam e recebam uma ligação telefônica quando solicitado.

Defensores ouvidos pela reportagem dizem que obrigar o uso do aplicativo aos imigrantes é injusto, pois muitos pagaram fiança para sair das instalações de detenção dos EUA enquanto seus casos passam pelos tribunais de imigração atrasados do país. Os procedimentos de imigração são administrativos, não criminosos, e a grande maioria das pessoas com casos perante os tribunais não são detidas.

Os defensores também se mostraram preocupados que os agentes de deportação possam estar rastreando imigrantes através do SmartLink mais do que sabem, da mesma forma que os aplicativos comerciais acessam os dados de localização nos telefones das pessoas.

O uso do aplicativo pela Immigration and Customs Enforcement aumentou quando o Presidente Joe Biden pediu ao Departamento de Justiça que limitasse o uso de prisões privadas. A administração também expressou apoio às chamadas alternativas à detenção para assegurar que os imigrantes participem das nomeações necessárias, tais como audiências nos tribunais de imigração.

Em declaração, funcionários da Imigração e da Alfândega disseram que as alternativas de detenção “são um método eficaz de rastrear os não-cidadãos liberados da custódia do DHS que estão aguardando seus procedimentos de imigração”.

Um depoimento do Congresso detalhou recentemente que o aplicativo SmartLink é mais barato do que a detenção: custa cerca de US$ 4,36 por dia para colocar uma pessoa em uma alternativa de detenção e mais de US$ 140 por dia para manter alguém em uma instalação.

Representamos causas imigratórias em todo os Estados Unidos e oferecemos triagem inicial gratuita do seu caso.

– Whatsapp
– Youtube
– Instagram

Subscribe to our Newsletter.