Cerca de 78 mil imigrantes que não foram processados devem receber notificação de deportação

O governo dos Estados Unidos planeja fazer uma operação nesta semana para encaminhar documentos judiciais a cerca de 78.000 imigrantes que não foram processados ​​para deportação depois de cruzarem a fronteira com o México sem autorização.

Os pacotes de documentos legais serão encaminhados a partir desta segunda (08), com instruções para comparecimento a audiências perante os juízes de imigração, que decidirão se os imigrantes terão permissão para permanecer no país ou não.

O plano de Imigração e Fiscalização Alfandegária dos Estados Unidos, chamado de “Operação Horizon”, foi elaborado para colocar milhares de migrantes que foram processados ​​na fronteira sul, em procedimentos de deportação.

De acordo com dados do governo dos EUA, no ano fiscal de 2021, que terminou no final de setembro, como autoridades de fronteira dos feitos mais de 1,7 milhão de apreensões de migrantes, um recorde histórico.

A iniciativa de enviar notificações aos imigrantes tem sido o motivo de preocupação para alguns defensores, que dizem que dezenas de pacotes legais podem ser enviados para endereços onde os destinatários não vivem.

Em entrevista à CBS News, a diretora de defesa na Amnistia Internacional dos EUA, Amy Fischer, disse que o CBP tem uma “longa história de anotar informações imprecisas.” Ela afirmou, ainda, que enviar notificações para comparecer aos endereços errados pode levar os juízes de imigração a ordenar a deportação de migrantes que perderam suas datas de julgamento porque nunca saberam deles.

Representamos causas imigratórias em todos os Estados Unidos e independente triagem inicial gratuita do caso.

– Whatsapp: + 1-954-204-0393
– www.castrolegalgroup.com
– youtube.com/conexaoimigracaousa

Subscribe to our Newsletter.