Decisão de juiz abre caminho para novos processos de DACA

O juiz Nicholas Garaufis, de New York, decidiu no último dia 14 que o memorando assinado pelo então chefe do Homeland Security (DHS), Chad Wolf, suspendendo novas inscrições para o Deferred Action for Childhood Arrivals (DACA), não tem valor.

O magistrado argumenta que a nomeação de Wolf não passou pelo Senado e que ele não poderia estar no cargo. Em julho deste ano, o então secretário do DHS assinou um memorando que suspendeu novas inscrições para o programa, que protege jovens de serem deportados.

Com a decisão judicial tomada neste sábado, o DHS terá que restaurar a estrutura inicial do DACA, permitindo aos jovens conhecidos como “dreamers” se inscreverem pela primeira vez no programa, bem como obterem autorização para trabalhar nos EUA e renovarem as aplicações a cada dois anos.

A advogada Renata Castro, fundadora do Castro Legal Group, alerta que esta é a hora para jovens que se qualificam para o DACA, darem entrada no processo.

Veja quais são as exigências para dar entrada no DACA de acordo com o USCIS:

– Ter menos de 31 anos até o dia 15 de junho de 2012;
– Veio para os Estados Unidos antes do aniversário de 16 anos;
– Ter morado nos Estados Unidos de forma contínua desde o dia 15 de junho de 2007 até o presente momento;
– Estar fora de status no dia 15 de junho de 2012;
– Estar estudando ou se formou no high school ou tem o certificado do General Education Development (GED);
– Não ter cometido crimes.

Representamos casos imigratórios em todo os Estados Unidos.

Whatsapp: +1-954-204-0393

www.castrolegalgroup.com

youtube.com/conexaoimigracaousa

Comments

Leave a comment