Governo Biden vai limitar a detenção de imigrantes grávidas

O governo Biden vai limitar a detenção de imigrantes grávidas, segundo fontes ligadas à Casa Branca. De acordo com o Buzzfeed, um memorando foi enviado às agências imigratórias dizendo que o “US Immigration and Customs Enforcement (ICE) não deve prender imigrantes grávidas, puérperas ou que estejam amamentando, a menos em situações excepcionais”.

A decisão foi tomada depois que um levantamento do Government Accountability Office mostrar que mais de 4.500 imigrantes grávidas foram presas pelo ICE entre 2016 e 2018.

“O ICE está comprometido em garantir a integridade do sistema imigratório, mas preservando a saúde o bem-estar de mulheres grávidas, no pós-parto e que estejam amamentando seus filhos”, disse o diretor do ICE, Tae D. Johnson em nota enviada a congressistas. “Mulheres nessas condições não devem ser presas, a não ser que representem um risco para a segurança nacional. Estamos comprometidos em tratar todos os indivíduos com respeito e dignidade.

O memorando representa a mais recente medida da administração Biden para reformular o ICE. Nas últimas semanas, o governo anunciou que imigrantes não serão detidos em audiências imigratórias. Além disso, imigrantes não podem ser referidos em documentos oficiais como “illegal aliens”.

Foto: Tatiana VDB – Flickr

Representamos causas imigratórias em todos os Estados Unidos.

WhatsApp: +1-954-204-0393

www.castrolegalgroup.com

youtube.com/conexaoimigracaousa

Subscribe to our Newsletter.