Governo Trump impõe novas barreiras a solicitantes de visto H1B

Sob o argumento de que trabalhadores estrangeiros estão tirando vagas de americanos, a administração Trump deu mais um passo para dificultar a emissão do visto de trabalho H1B.

Em decisão anunciada no último dia 6, o Department of Labor e o Departamento de Homeland Security anunciaram novas regras que incluem o aumento dos valores mínimos pagos a profissionais estrangeiros que têm curso superior e sejam especializados.

Além da exigência de maiores salários, o governo vai intensificar a fiscalização e enviar agentes até os locais de trabalho para conferir se de fato os profissionais com esse visto estão trabalhando. E também vai modificar a definição de trabalho especializado, para que seja mais detalhada a especificação para aquela função desejada.

O governo afirma que as mudanças são necessárias para que as empresas parem de contratar estrangeiros “a baixos salários em vez de contratar americanos para a mesma função”.

As novas regras entrarão em vigor até o final deste ano.

O visto H1B é muito procurado por empresas de tecnologia, como Apple, Google e Microsoft, mas também por companhias menores, que contratam trabalhadores de outros países para ocupar funções importantes.

Para a advogada Renata Castro, fundadora do Castro Legal Group, o discurso do governo de que trabalhadores estrangeiros prejudicam o mercado de trabalho americano, oferecendo serviço a baixos salários, está longe de ser verdade. “Os empregadores que contratam funcionários de outros países têm que obrigatoriamente cumprir com as exigências do Departamento de Trabalho e pagar aos empregados o salário determinado por eles por meio do Labor Condition Application, o LCA. Com essas novas medidas, os empregadores terão que cumprir mais exigências, o que tornará ainda mais difícil a contratação de estrangeiros”, observa a advogada.

Apesar disso, segundo Renata Castro, existem outras opções disponíveis para trabalhadores estrangeiros, apesar da política para criar obstáculos para a imigração legal implementada por Trump.

Se você está nos EUA com um visto temporário como H1B ou F1 (estudante), você deve discutir com seu possível empregador a solicitação de um green card baseado no PERM.

Leia mais sobre a decisão aqui: https://www.uscis.gov/es/trabajar-en-los-estados-unidos/trabajadores-temporales-no-inmigrantes/h-1b-para-profesionales-con-trabajos-especializados-de-investigacion-cooperativa-con-el-dod-y

A equipe do Castro Legal Group, liderada pela advogada Renata Castro, está sempre monitorando e divulgando as novidades relacionadas à Imigração no nosso site www.castrolegalgroup.com e nas nossas redes sociais. Fique ligado!

Representamos casos imigratórios em todos os Estados Unidos.

Whatsapp: +1-954-204-0393

Comments

Leave a comment