Homeland Security quer suspender permissão de trabalho a imigrantes com ordem de deportação

O Departamento de Homeland Security (DHS) anunciou que quer dar fim ao benefício do work permit a imigrantes com ordem de deportação e que estão sob vigilância da Imigração. O documento será publicado nesta quinta-feira, 19 de novembro.

Atualmente, estrangeiros que foram detidos, liberados e têm ordem de deportação, mas que fazem check-in periodicamente na Imigração, podem conseguir autorização de trabalho.

De acordo com a nova proposta do DHS, para processos novos e antigos, somente imigrantes cuja a deportação seja “impraticável” – se o país de origem, por exemplo, se recusar a emitir documentos de viagem – conseguirão autorização para trabalhar. O departamento ressaltou que poucos imigrantes se enquadram nesse quesito.

Segundo documento emitido pela entidade, o objetivo do DHS é aumentar o número de vagas de trabalho disponíveis para americanos e incentivar que essas pessoas vão embora para os seus países de origem de forma espontânea.

Imigrantes que forem renovar as permissão de trabalho terão que provar que trabalhar nos EUA “é uma necessidade econômica”.

No ano fiscal de 2019, quatro mil indocumentados conseguiram obter a permissão de trabalho e outros 21 mil conseguiram renová-la.

Veja aqui o documento.

A equipe do Castro Legal Group, liderada pela advogada Renata Castro, está sempre monitorando e divulgando as novidades relacionadas à Imigração no nosso site www.castrolegalgroup.com e nas nossas redes sociais. Fique ligado!

Representamos causas imigratórias em todos os Estados Unidos.

Whatsapp: +1-954-204-0393

www.castrolegalgroup.com

youtube.com/conexaoimigracaousa

Comments

Leave a comment