ICE prende quadrilha acusada de tráfico de mulheres na Carolina do Sul

Agentes do U.S. Immigration and Customs Enforcement (ICE) prenderam em uma casa em North Myrtle Beach, na Carolina do Sul, dois homens e uma mulher acusados de tráfico humano. O grupo seria responsável por aliciar mulheres, na maioria imigrantes, que eram obrigadas a trabalhar como ‘escravas sexuais’.

A prisão aconteceu no último dia 16 e assustou moradores de um bairro considerado calmo. “Nós moramos em uma região familiar, uma comunidade cheia de aposentados e jamais poderíamos imaginar que algo tão perigoso estava acontecendo na nossa vizinhança”, disse Kelly Hopkins, moradora da região.

Os agentes se limitaram a dizer que as investigações estão em andamento e não revelaram mais detalhes sobre a atuação do grupo.

Você sabia que existe um visto que beneficia vítimas de tráfico humano nos Estados Unidos? O visto T.

Imigrantes que chegaram ilegalmente pelo México ou que vieram para os Estados Unidos com visto e sofreram maus tratos na travessia ou quando chegaram ao País, podem se qualificar para o visto T, voltado para vítimas de tráfico humano.

O visto T dá benefícios imigratórios a pessoas que foram vítimas de certos tipos de crimes e também para as suas famílias.

A advogada Renata Castro, fundadora do Castro Legal Group, gravou uma série de vídeos sobre o assunto no seu canal no Youtube, Conexão Imigração USA. Clique aqui para assistir.

Representamos causas imigratórias em todos os Estados Unidos.

Whatsapp: +1-954-204-0393

www.castrolegalgroup.com

youtube.com/conexaoimigracaousa

Subscribe to our Newsletter.