Parlamentar do Senado rejeita mais uma tentativa de inclusão da imigração no projeto de lei econômica

Elizabeth MacDonough, parlamentar do Senado, rejeitou na última quinta (16) a terceira tentativa dos democratas de inserir a imigração no projeto de lei econômico de Joe Biden, que pretende oferecer proteção a imigrantes indocumentados por meio da reconciliação.

Na decisão, MacDonough escreveu que o terceiro argumento para as disposições de imigração no projeto de lei econômica “não é muito diferente em seu efeito do que as propostas anteriores que consideramos”. Ela ainda afirmou que são mudanças políticas substanciais com efeitos duradouros e que “superam o impacto orçamentário”.

Um porta-voz da Casa Branca disse que a decisão é “decepcionante” e que “relega milhões a um futuro incerto e assustador”. Em comunicado, o porta-voz disse que o presidente e a administração discordam totalmente do feito e que vão continuar lutando para dar alívio e proteção aos Sonhadores, titulares de Status de Proteção Temporária, trabalhadores agrícolas e trabalhadores essenciais.

O grupo de senadores que trabalhou nos argumentos para a parlamentar disse em um comunicado na quinta-feira (16) que “discordam fortemente da interpretação do parlamentar do Senado sobre a proposta de imigração”.

As resoluções que os democratas defenderam foram as mesmas da versão aprovada pela Câmara, que daria proteção temporária contra deportação e autorizações de trabalho para imigrantes indocumentados que entraram nos Estados Unidos antes de janeiro de 2011 e atendem a um conjunto de critérios específicos. De acordo com uma análise do Escritório de Orçamento do Congresso, cerca de 6,5 milhões de pessoas se qualificariam.

Representamos causas imigratórias em todos os Estados Unidos e oferecemos triagem inicial gratuita do seu caso.

– Whatsapp: +1-954-204-0393
– www.castrolegalgroup.com
– youtube.com/conexaoimigracaousa

Subscribe to our Newsletter.