Tribunal do Texas decide que Biden não pode isentar crianças migrantes desacompanhadas de serem expulsas para o México ou seus países de origem

O tribunal federal do Texas decidiu, na última sexta-feira (4), que a administração Biden não pode continuar isentando crianças desacompanhadas da expulsão para o México ou outros países. 

O juiz distrital Mark Pittman, disse que a atual administração age de forma “arbitrária e caprichosa”, violando a lei administrativa federal ao “beneficiar” meninos e meninas menores de idade que cruzam a fronteira ilegalmente.

Antes da decisão, depois da apreensão do menor, a Alfândega e Proteção de Fronteiras dos EUA tem 72 horas para processá-lo e transferi-lo para o Escritório de Reassentamento de Refugiados do Departamento de Saúde e Serviços Humanos.

A agência deveria colocar as crianças em abrigos licenciados pelo estado ou com um patrocinador, que geralmente é uma família nos Estados Unidos, onde elas podem passar pelo processo de solicitação de asilo ou visto. 

O relatório mais atualizado da fronteira sudoeste do CBP mostrou que os agentes da Patrulha de Fronteira dos EUA retiveram 47.374 menores desacompanhados desde outubro de 202, início do ano fiscal de 2022. 

Representamos causas imigratórias em todo os Estados Unidos e oferecemos triagem inicial gratuita do seu caso.

– Whatsapp
– Youtube
– Instagram

Subscribe to our Newsletter.